Curso Técnico, Curso Superior e o Profissional de TI do Futuro

 

Tenho 16 anos, estou cursando o ensino médio, gostaria de saber se um curso técnico na área de informática abriria as portas do mercado de trabalho ou se essas portas só serão abertas, futuramente, após eu terminar um curso superior?

 

A questão acima foi submetida ao meu e-mail nesta última semana. Antes de respondê-la, acredito que é necessário conceituar o que vem a ser um curso técnico da área de informática? Qual a diferença entre um curso superior e um curso técnico? Qual o perfil do profissional de TI do futuro?

O que vem a ser um curso técnico?

Neste semestre tive a honra de receber um convite para ministrar aulas em um curso técnico de informática. Estou tendo contato com a garotada de 15, 16 e 17 anos. Também não posso esquecer-me dos “vovôs” da sala, alguns senhores com idade entre 40 e 50 anos (lembrando, no meio de garotada também sou considerado um vovô). O curso em questão pertence a “ETEC Pedro D’Arcádia” – Assis SP. A escola é uma unidade do Centro Paula Souza (http://www.centropaulasouza.sp.gov.br/). Só para posicionar a leitura, tal Centro, também, e responsável pela gestão coorporativa das Faculdades de Tecnologias do Estado de São Paulo, as FATECS. O curso em questão é gratuito, possui duração de 3 semestres (1500 horas). Disciplinas como lógica de programação, desenvolvimento de software I e II, sistemas operacionais I, II e III, redes de computadores, programação de computadores I e II, banco de dados e análise e projeto de sistemas são abordadas durante os três semestres. O curso foca basicamente duas linguagens de programação, JAVA e VB. Sou responsável por ministrar a disciplina de programação de computadores I, segundo semestre do curso. Nela trabalho com a linguagem JAVA e abordo os principais conceitos da orientação a objetos. Saliento que cerca de 90% do curso foca a parte técnica. O nível dos alunos é muito bom, muito deles já poderiam trabalhar como programadores.

Qual a diferença entre um curso superior e um curso técnico?

I) Diferenças quantitativas: Um curso superior de tecnologia possui cerca de 2000 horas. O bacharelado em sistemas de informação, legalmente, deve possuir algo em torno de 2600 horas. Os cursos de ciência da computação se caracterizam perto das 3200 horas. II) Diferenças qualitativas também podem ser enumeradas:  1 – a formação dos professores: em um curso técnico os professores necessitam apenas da graduação, já em um curso superior ao menos uma pós-graduação stricto-sensu é desejada, os professores dos cursos superiores “TENDEM” a ter maior experiência (isto não quer dizer que possuam); 2 – o aprofundamento dos conteúdos relacionados à área de informática em um curso superior é muito maior, principalmente em cursos caracterizados como atividade fim; 3 – a obrigatoriedade do desenvolvimento de um estágio empresarial e do trabalho de conclusão de curso, também é um diferencial a ser destacado. Este três itens citados fazem uma diferença enorme na formação do aluno.

Qual o perfil do profissional de TI do futuro?

Vários especialistas da área de TI reportam que muitos jovens comentem um erro ao imaginar que, quanto maior o número de diplomas, maiores serão a oportunidades no mercado de trabalho. Vários deles estudam até aos 26 anos, cursam MBAs, realizam intercâmbios para aprender uma língua estrangeira (não que isto tudo não seja importante, pelo contrário…), para posteriormente tentar uma colocação no mercado. A meu ver o profissional do futuro deve ser, antes de tudo, um bom técnico. Sou adepto daquele ditado: só sabe mandar quem saber fazer. Iniciar a vida profissional precocemente é uma alternativa.  Um diferencial é possuir cargos técnicos na área de TI antes de iniciar um curso superior. Com uma maior maturidade, o jovem pode aproveitar muito mais o curso superior escolhido.  Entre 25 e 30 anos ele estará pronto para assumir uma função gerencial. Outro fator que pesa bastante no perfil do profissional de TI do futuro, é a constante atualização. Parta do seguinte princípio: Estudar é muito bom, aperfeiçoar-se é ainda melhor.  

Um curso técnico da área de informática pode possibilitar várias oportunidades no mercado de trabalho, principalmente na área TI, por exemplo: você pode ser contratado para trabalhar como programador em uma grande empresa. Se você começar seu curso com 16 anos, aos 18 ele já estará concluído. Aos 20 você possuirá 2 anos de experiência e também poderá estar matriculado no segundo ano de um curso superior da área de informática.

Por fim, eu particularmente acredito que as grandes empresas da área de TI, não enxergam esta realidade. Na maioria das vezes, as parcerias acadêmicas são feitas somente com as instituições que possuem cursos superiores (IES). Por que não investir em uma parceria com uma instituição que fomente um bom curso técnico e recrutar essa garotada. Em um segundo momento, propor a uma parceria mais sólida (no sentido próprio da palavra) com uma faculdade, desenvolvendo assim, uma pequena parte do conceito da universidade coorporativa (a inserção dos técnicos nos cursos superiores), também faria parte de uma excelente estratégia para capturar e qualificar mão de obra.

(Complemente sua leitura com este vídeo)

José Augusto Fabri

About these ads

28 Responses to “Curso Técnico, Curso Superior e o Profissional de TI do Futuro”

  1. O mercado vem sinalizando a um bom tempo que existe uma demanda gigantes, não suprida, por mão de obra qualificada. Os cursos técnicos podem suprir essa mão de obra, então são ótimas alternativas para as pessoas que querem entrar no mercado de trabalho, garantir um “sustento”, e posteriomente fazer algum curso mais “formal”.
    Eu falei sobre isso a um tempo no meu blog (http://jmmwrite.wordpress.com/2008/08/11/fazer-um-curso-tecnico-ou-um-bacharelado/)e choveu de e-mail questionando um monte de coisas, é realmente um tema quente!
    Quanto as empresas investirem nos cursos técnicos, posso falar pela IBM. Temos parcerias com N instituições de nível tecnico, dentres elas as ETEC. Ai mesmo em Assis, estamos em contato com a direção e em breve iremos até em Assis para formalizar nossa parceria. Estamos de olho nos seus alunos hein! Espero ver os caras aqui na IBM em breve hein!!! :-)

  2. Lia Cupertino Duarte Says:

    Guto,

    segue um link com o comentário do administrador de empresas e escritor Max Gehringer, feito na Jornal da CBN. Embora não cite nome de nenhuma escola, o comentarista faz uma boa análise sobre a importância dos cursos técnico/tecnológico.

    O comentário aparece no site com o nome “Curso Técnico ou Faculdade?” Achei interessante, por isso encaminho. Copie e cole em seu navegador:

    http://cbn.globoradio.globo.com/cbn/dinamico/busca1.asp?busca=curso+t%E9cnico&dia=&mes=&ano=&rss=max.xml&registros=5&pagina=1&corseparador=ECE9D8&id=75&periodo=60&x=18&y=11

    Abraço
    Lia

  3. Domingos (FEMA) Says:

    Guto quando cursei o segundo grau (colegial) fiz um colegial tecnico em eletronica, tinha modalidade de quimica e outras no colégio. Neste caso eu poderia trabalhar como técnico em eletrônica, dando manutenção em equipamentos, montando algum projeto de circuito já calculado por algum engenheiro etc. Hoje em dia não vejo mais colegial técnico, não sei se é possível voltar esta modalidade de colegial, mas se for é uma ótima oportunidade de ensino para os alunos e as instituições.
    Acho que no caso da informática um tecnico de segundo grau poderia implementar e dar manutenção em projetos feitos por técnologo (3 grau) ou cientistas da computação, se limitando à programação, ou cabeamento de rede, cuidar dos backup´s, instalar equipamentos etc.
    O perfil do profissional de informática do futuro é querer aprender sempre, até a sua aposentadoria.

    Esta é a minha opinião.
    Prof. Domingos

  4. Tiago Carvalho (Fatec Ourinhos) Says:

    A importância do ensino técnico no mercado de trabalho e principalmente na área de TI é muito bem reconhecida para a formação dos profissionais que estão ingressando agora no mercado e os que também buscam novas oportunidades em cargos que cada vez mais requerem uma formação específica, com habilidades e competências desenvolvidas em conjunto com o setor produtivo.

    Segue abaixo dois links do Jornal Bom dia Brasil da Rede Globo, com reportagens sobre a formação técnica e o setor produtivo e também um pouco do mecado de TI, citando como exemplo de sucesso os cursos das FATECS:

    Cursos técnicos fazem parcerias com setor produtivo:

    http://g1.globo.com/bomdiabrasil/0,,MUL753108-16020,00-CURSOS+TECNICOS+FAZEM+PARCERIAS+COM+SETOR+PRODUTIVO.html

    Informática: um mercado de oportunidades para diferentes talentos:

    http://g1.globo.com/bomdiabrasil/0,,MUL747732-16020,00-INFORMATICA+UM+MERCADO+DE+OPORTUNIDADES+PARA+DIFERENTES+TALENTOS.html

    Abraço,

    Tiago.

  5. obs vi seu email na net no inforum NECESSITO C/CERTA URGÊNCIA ADQUIRIR UM CERTIFICADO DE CONCLUSÃO DO engenharia de produçao – CURSO SUPERIOR
    1 – NÃO PODE SER FALSIFICAÇÃO
    2 – O CERTIFICADO DEVERÁ SER EMITIDO PELA FACULDADE
    3 – REGISTRO MEC
    4 – PUBLICAÇÃO NO DO
    5 – HISTÓRICO ESCOLAR
    6 – CURSO liçenciatura e Física
    7 – SOMENTE FAC/UN RECONHECIDA PELO MEC

    NÃO FAÇO NEGÓCIO COM ADIANTAMENTO COM GARANTIA VERBAL
    O NEGOCIANTE QUE ESTIVER INTERESSADO E REALMENTE PUDER ATENDER AO REQUISITOS ACIMA, CONTACTAR josenilton-k@hotmail.com GRATO

  6. Oi Guto,
    Bastante interessante sei artigo!Sou da FAETEC do Rio de Janeiro que possui diversos cursos técnicos de nível médio e, também curso superior de Tecnologia em Análise de Sistemas. Sou professor do IST-RIO, superior tecnológico, e confirmo que nossos melhores alunos, aqueles que mais se destacam, vem do curso médio de informática.Muitos até, já são profissionais quando ingressam no IST, assim, também sou muito favorável a que recrute o aluno de nível médio para atuar, a princípio como programador ou técnico em suporte, onde também observo que muitos se destacam.Um abraço,.

  7. murilo santos Says:

    olá, o mercado vem sim crescendo a cada dia, póis está faltando profssionais clalificados e ti ou simular…
    Um curso de ti o oracle esta na faixa de 10,000 mil reais mas esse investimnto vale muito a pena pois em orace o sálario varia de 3,500 até 10,000 mil mês.
    Afinal ainda você tem duvidas sobre se vale a pena estudar ti oi simular…????

  8. Gostaria de saber mais sobre a area de TI.
    Tenho 41 anos e atuei ate hoje na area administrativa.
    Gostaria de entrar nesta area de TI mas nao pretendo perder tempo, por este motivo gostaria de saber qual cuso devo fazer e quais as minhas possibilidades para esta area de mercado, ja que gosto muito de informatica e estou sempre querendo aprender tudo sobre este mercado.
    Tenho algus cursos basicos de Hardware e Redes.

    • José Augusto Fabri Says:

      Catia
      Analisando, vagamente, seu perfil acredito que seria interessante fazere um curso superior de tecnologia em análise de sistemas. Esse curso possui a duração de 2.5 anos e concerteza agregará muito junto a sua formação em administração.

  9. neivison canto dos santos Says:

    eu gostaria de saber se um curso de tecnologo para ser considerado superio tem ter a sua cargo horaria de quantas horas

  10. Olá,

    Caro Jóse Augusto Fabri,sempre pensei em fazer um curso de TI,porém as coisas não caminharam para esse lado e logo que saí do Segundo Grau,que terminei no final de 2009,já estudei para entrar na Universidade de Brasília na área que me identificava ,no caso Computação.Estudei arduamente e consegui entrar pelo PAS para fazer a graduação em Ciência da Computação e conjuntamente com esse estudo,visando à UNB eu estudei também para o cargo de escriturário do BRB 2009 e também obtive êxodo.Porém pelo fato de não ter sido ainda chamado para a posse no BRB (faltam 3 pessoas) e estar no primeiro semestre da Universidade,ainda não consegui a minha tão sonhada “independência financeira” rsrs,ou melhor meu primeiro emprego formal na área.Tendo em vista isso será que vale a pena fazer um curso técnico no SENAI/DF para ingressar no mercado de trabalho,de forma mais imediata?

    Obrigado pelo espaço fornecido e
    espero sua resposta,valeu?

    Até mais

    • José Augusto Fabri Says:

      Felipe, toda formação sólida em tecnologia é bem vinda, em um curso técnico você terá acesso àlguns conceitos pertinentes a universidade, e isso é visto com bons olhos. Ressalto que o curso técnico pode lhe abrir portas não só no BRB mas em várias outras empresas da área de TI.

      Bem é isso…

      abraços

  11. [...] Superior e o Profissional de TI do Futuro II Um dos posts mais acessados neste blog é o Curso Técnico, Curso Superior e o Profissional de TI do Futuro. Nesta semana conversando sobre este fato com o professor Eidy (UTFPR – CP e PUC-Londrina), [...]

  12. Silvestre Says:

    Vou jubilar no UTPFR no medio com técnico em informática, não me dou bem com as matérias convencionais, acho perda de tempo. O que recomenda para eu fazer?

  13. [...] Curso Técnico, Curso Superior e o Profissional de TI do Futuro October 2008 16 comments 3 [...]

  14. Olá! sou valdemir,43 anos gostária de saber o que e Tecnico de ti,o que ele faz ná area de informatica.
    Depois que se forma que area a pessoa pode trabalhar.
    Queria trabalhar nesta area,tive uma vizão que eu ia me dar bem,eu um dia queiria fazer uma casa de madeira,olhei a do vizinho e depóis fiz a mesma casa ,com alguns detalhes a mais,não sabia que tinha este (dom)
    Minha profissão hoje e de motórista queria uma nova fonte de renda,para que eu possa futuramente,entender um pouco da informatica,sei que eu tenho uma idade um pouco avansada,mas estou vivo para entender um pouco desta nova era,da informatica.

    E um dia passar para os meus filhos que,são novos,esta e uma area que e promissora para os jovens de pouca idade.
    Ná area de ti precissa de matematica,quais são as materia que cai nesta area,tenho intenção de fazer se vc me instruir, com clareza,estou fazendo um curso de ingles para entender um pouco desta area e necessario.
    Para que eu possa ser um tecnico,o que eu tenho que ter em mim,com a sua experiencia nesta area.
    Obrigado,tenho em mente que eu vou me dar bem,vc vai ouvir muito de mim após que estiver concluido o meu curso,quarde este email,fique com Deus.
    Respondame.

    • José Augusto Fabri Says:

      Valdemir,

      O técnico de TI pode atuar em várias áreas. Destaco aqui algumas:
      – Técnico em redes de computadores: profissional habilitado a instalar cabos, configurar servidores e gerenciar uma rede em uma pequena empresa.
      – Técnico em manutenção de computadores: trabalha basicamente com a troca de dispositivos físicos do computador, por exemplo, instalar mais memória em uma máquina. Instalar e configurar um sistema operacional também é uma das funções deste profissional.
      – Técnico em programação de computadores: profissional habilitado desenvolver programas de computadores a partir de um especificação. Conhecimentos sobre banco de dados, linguagem para consultas, e espeficicação de software é uma das prerrogativas necessárias para este profissional.

      Quanto a idade, fique tranquilo, a área de TI não desemerece os bons profisisonais. A idade não importa.

      Uma bom começo para um técnico em programação e ter acesso ao projeto JEDI, veja só: http://engenhariasoftware.wordpress.com/2009/01/26/jedi-java-education-and-development-initiative/

      abraços e que DEUS te abençoe.

      José Augusto.

  15. paulo newton Says:

    eu faco curso tec. seg. do trab. gostaria de saber sobrre a importancia do curso de tl, sé tem como investir nesta area.para engajar no mercado de trabalho o mais rapido.

  16. george nick Says:

    Leio bastante sobre a área de TI, onde desenvolvo uma vontade de entrar, porém leio tb muito sobre Jovens de 16; 18; e etc… enfim
    tenho 25 anos minha informática é o basicão, quero fazer uma faculdade na área de TI, e pelo que ejo para melhor aproveitamento indica-se antes um curso técnico, onde fazendo eu devo só começar minha faculdade com 26 ou 27, me formando com + ou – com 31 ou 32 anos corro o risco de entrar no conjunto dos que ficam de lado pelas empresas porque as mesmas preferindo elas os mais jovens??? abraços

    • José Augusto Fabri Says:

      George,

      Atualmente a empresas estão procurando pessoal capacitado, se atender os pré-requisitos você não terá problemas para entrar bem no mercado.

      abraços

  17. Gabrielle Says:

    Olá,tenho 23 Anos,e estou em dúvida de qual curso escolher…sempre gostei de eletrônica e ate fiz um curso técnico,mas saí antes de terminar pq achei o curso(instituição) pouco aproveitável,percebi q gosto mesmo de eletrônica…mas agora penso em fazer TI…GOSTARIA de uma sugestão do q fazer…abraço e obrigada!

    • José Augusto Fabri Says:

      Gabrielle, se você quiser uma colocação rápida no mercado procure um curso superior de tecnologia, análise de sistemas, sistemas para internet, redes, etc… Agora se você deseja uma formação mais aprofundada procure um curso de ciência da computação e engenharia…. Como parâmetro você poderia procurar uma Universidade e assistir algumas aulas destes cursos.
      abraços.

  18. CRISTIANE Says:

    ONDE TEM UM ÓTIMO CURSO DE tI NO RIO DE JANEIRO???

  19. Olá, gostaria de saber se um estudante formado em um curso básico de TI é visto com bons olhos no mercado de trabalho.

    • José Augusto Fabri Says:

      Gustavo,
      Sim… o mercado está aberto e foca em competência e não na formação… desenvolva suas competências e habilidades e vá em busca de seus sonhos. abcs

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Follow

Get every new post delivered to your Inbox.

Join 39 other followers

%d bloggers like this: