12 erros que um líder não pode cometer

Liderar caracteriza-se como a ação de conduzir um grupo de pessoas, transformando-o em uma equipe com o objetivo de gerar valor agregado para uma determinada entidade.  Existem vários tipos de liderança, entre elas destaco:

Liderança autocrática

Focada apenas nas tarefas, decisões individuais são tomadas pelo líder, desconsiderando a opinião dos liderados.

Liderança democrática

Caracteriza-se como participativa ou consultiva, ou seja, os liderados participam do processo.

Liderança liberal

Os liderados possuem mais liberdade na execução dos projetos, a equipe não necessita de supervisão constante. Este tipo de liderança deve ser empregada quando a equipe é madura.

Um bom líder deve possuir em seu escopo gerencial os três tipos de liderança. A autocracia é bem vinda para a condução de equipes em tarefas operacionais / determinísticas. A democracia deve ser utilizada quando a equipe possui “certo” know-how, sendo assim opinião da mesma é importante no processo de tomada de decisão. Já a liderança liberal deve ser aplicada em ambientes altamente criativos, cujos membros da equipe possuem uma maturidade extraordinária.  

A ausência de liderança caracteriza-se com o(a) (segundo Max Gehringer – rádio CBN de 18 de julho de 2007):

1 – falta de comunicação. O líder não fala exatamente o que deseja e depois reclama que os seus liderados não atingiram os resultados esperados.

2 – Não elogio. Se o líder não reconhece o trabalho dos liderados, esses, por sua vez, não terão estímulos para realizar um trabalho melhor.

3 – Criação de ambiente de desconfiança. O líder critica o liderado para outra pessoa do próprio contexto empresarial. Lembre-se, a crítica deve ser direta.

4 – Não defesa do subordinado. O líder deve se posicionar como um escudo para os seus liderados. Não alimente críticas destrutivas vindas de fora do contexto empresarial.

5 – Promessa daquilo que não pode cumprir. Para atingir um determinado resultado, o líder promete algo que depende de uma aprovação de uma instância superior, por exemplo: a diretoria ou o conselho administrativo. Se tais instâncias vetam a proposta do líder, as expectativas dos liderados são quebradas.

6 – Não cumprimento daquilo que prometeu. Líder, se assumir uma responsabilidade perante aos seus liderados, por favor: cumpra. Caso contrário você perderá o poder da confiança.

7 – Aceitação da bajulação. Quem gosta de “puxa-saco” perde a credibilidade.

8 – Falta de educação. Gritando, desqualificando os liderados você não chegará a lugar algum. Essas atitudes demonstram insegurança.

9 – Fuga da responsabilidade. O líder não pode empurrar as coisas com barrida. Se um problema necessita de solução, solucione-o.

10 – Soberba. “Achar que por ser chefe virou Deus. O líder é apenas um igual que tem um título temporário e provisório”.

11 – balizamento de suas decisões em formulas. Seja adaptativo, procure outras soluções para resolver os problemas, ouça os seus lidaderados. Cada situação de ser analisada separadamente.

12 – Ausência  de conhecimento das forças e fraquesas da equipe. Tenhas em mãos as potencialidades e as fragilidades dos liderados.

Por fim, eu acredito que o maior significado da palavra liderança é a própria “líderherança”.

Abraços

José Augusto.

fabri@femanet.com.br

About these ads

4 Responses to “12 erros que um líder não pode cometer”

  1. José Carlos Gomes Says:

    Guto:
    gostei da lição sobre liderança. Parabéns…

  2. João Ribeiro Says:

    Guto para colaborar com a sua lição de liderança vou destacar 13 comportamentos de líderes confiáveis:
    1- Fale francamente;
    2- Demonstre respeito;
    3- Crie transparência;
    4- Corrija e assuma seus erros;
    5- Demonstre lealdade;
    6- Produza resultados;
    7- Aperfeiçõe-se;
    8- Enfrente a realidade;
    9 – Esclareça as expectativas;
    10-

    • João Ribeiro Says:

      ops:
      10- Pratique as responsabilidades, preste contas;
      11- Escute primeiro;
      12- Cumpra as promessas;
      13- Confie nos outros, confiar é diferente dos outros comportamentos. Trata-se de mudar a palavra “confiança” , como substantivo, para a palavra “confiar em” como verbo.

      Estes comportamentos foram estudados em um grupo de desenvolvimento de gestores com o acompanhamento de uma consultoria empresarial. Posso afirmar como participante que liderar é uma tarefa que te leva ao limite e necessita de muito controle e disciplina.
      Guto como sempre esse foi um ótimo post. Forte abraço.

  3. Como professora de Teoria Geral da Administração, devo alertar que este texto expressa somente a opinião do autor. Em alguns trechos não condiz com os trabalhos dos pesquisadores da Ciência da Administração.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Follow

Get every new post delivered to your Inbox.

Join 39 other followers

%d bloggers like this: