Professor, Aluno e a Crise Econômica

 

As empresas de TI serão afetadas com a crise econômica mundial? Professor, nós, simples mortais da área de TI estaremos imunes a isto?

Meninos, vocês sabem como começou esta crise?

Não.

Apesar de não ser da área de economia, vou tentar traçar, rapidamente, um panorama e responder às perguntas delineadas por vocês (fique à vontade para efetuar qualquer intervenção em minhas palavras).

Até meados deste ano, um americano de classe média, sem nenhuma reserva econômica e com salário mediano, podia ter um padrão de vida invejável. Nosso personagem obtinha uma hipoteca para adquirir uma casa em New York por x dólares. Depois de 2 anos, devido a relação oferta/procura, ela valorizava 2 x. Vendo a valorização, o hipotecário vende o imóvel, “torra o lucro, faz uma nova hipoteca e compra uma casa mais cara.  O segundo comprador possui a mesma expectativa: esperar que o imóvel adquirido chegue a 4x para vendê-lo, “torrar” o lucro e, posteriormente, configurar uma nova hipoteca e comprar a um imóvel mais confortável e mais caro (algo parecido com uma pirâmide). Um belo dia, o último da fila olhou para trás a espera de um novo comprador e não encontrou ninguém. Ai meu amigo, o resultado é óbvio: a pirâmide desmorona.

As seguradoras que embarcaram nesta onda teriam que sanar financeiramente os bancos, caso os empréstimos não fossem pagos. O problema é que a maioria dos hipotecários não conseguiu saldar as dívidas junto aos bancos. Os imóveis desvalorizaram. A conta ficou alta demais e as seguradoras quebraram. Os bancos não receberam e também quebraram. Sem recursos, os saques ficaram limitados. Ninguém paga ninguém. Colapso total.

Neste cenário, os investidores, pessoas comuns como eu e você, correm vender as suas ações. No caso das bolsas, a oferta é maior que a procura. As empresas resgatam os papéis e são descapitalizadas. O dólar sobe. Ninguém compra e ninguém vende nada, o desemprego aumenta. Enfim, efeito dominó atinge toda a cadeia produtiva.

As empresas da área de TI já começaram a sentir esses efeitos:

1 – Nesta quinta, as ações da empresas de TI despencaram no mercado internacional.

2 – Ações da Intel voltaram aos níveis de 2003. Motivo: desaceleração nas vendas de hardware.

3 – Expectativas de lucro são reduzidas para as empresas como Intel, HP, Dell e Apple.

4 – Adobe e Oracle estimam diminuição na venda de software para 2009.

5 – Sequoia, uma das principais empresas de capital de risco do Vale do Silício, orienta às empresas para se preparar para o pior.

6 – A expectativa de venda de PC no mundo cresceria 2.7% neste ano. Os analistas estimam que a taxa não será maior que 0.4%.

7 – A IDC provê aumento de 15% no valor do PC.

A falta de crédito, o aumento dos preços, a instabilidade do câmbio reflete diretamente em nós. Veja só o nosso caso aqui na FEMA. Temos projetos financiados pela iniciativa privada. Alguns deles terminam no final do primeiro semestre de 2009, se a situação piorar, corremos o risco de não obter recursos para a segunda de fase de alguns projetos. Certamente, várias universidades estão nesta situação. No caso das empresas, estabeleço a mesma linha de raciocínio: se o mercado não adquire bens relacionados a TI, as empresas diminuem a produção, a oferta de emprego também diminui, afetando diretamente a você, meu caro formando.

Enfim, acredito que o momento é complicado para todos, não vejo com bons olhos os dias que estão por vir. Espero que esteja enganado nessa previsão.

Seria interessante que os professores da área de economia, principalmente aqueles que atuam nos cursos de computação e sistemas de informação, aprofundassem a humilde discussão iniciada neste post.

8 Responses to “Professor, Aluno e a Crise Econômica”

  1. Eliana Feo Says:

    Olha só uma das conseqüências positivas de uma crise: as pessoas ficam interessadas em aprender Economia!
    Eliana, economista e sem tempo agora de explicar.

  2. Renato Matheus Simião Says:

    Sobre a Crise Econômica que já afeta nosso país, segundo o presidente Lula o Brasil esta preparado:(http://video.globo.com/Videos/Player/Noticias/0,,GIM895021-7823-LULA+REAFIRMA+QUE+BRASIL+ESTA+PREPARADO+PARA+CRISE,00.html)

    O fato é que os Brasileiros não estão preparados, ao meu ver algumas empresas até mesmo disconhecem essa Crise o que de certa forma torna verdade o que o presidente afirmou.

    O quadro que mais me assusta é em relação a Técnologia, importar técnologia a um preço elevado é vender a um preço elevado, me diga quem vai comprar se não conseguir vender ou quem vai investir se não conseguir lucrar?

    Outro fato é a tirania de alguns comerciarios, é justo aumentar o valor das mercadorias qndo se compra caro, o que não é justo é manter este valor após o valor das mesmas abaixarem…isso na minha opinião é um problema de efeito estufa que desencadeia uma série de outros problemas.

    No final de tudo acredito que para se coseguir agora construir um casa, no meu caso que venho fazendo minhas economias, vou precisar aprender a fazer tijolo primeiro, porque com o aumento dos materiais que ja era assustador acredito que tende a aumentar ainda mais.

  3. Concordo com vc, acho que as coisas seram difíceis por um período, mas isso poderá abrir novas oportunidades.
    Afinal, é nos novos problemas que podemos criar novas soluções!!!

  4. Diva Lea batista da Silva Says:

    Parabéns, Guto, pelo texto!
    Vou recomendá-lo aos meus alunos curso de Administração para que fiquem mais “por dentro” dessa crise, por meio de um estudioso da área de informática. Isso é o que precisamos nas faculdades: um diálogo interativo e interdisciplinar!

  5. Jane Ferrari Says:

    Puxa, é um efeito em cadeia, mas nós leigos sempre somos levados a acreditar que os profissionais de TI estão imunes a tudo que diz respeito à área econômica, visto que que TI é o
    ‘boom” do momento. Ficou muito simples sua síntese!

  6. Ótimo texto Guto!

    O Fernando disse algo legal. Vai que no momento ruim, vem coisa boa… Uma boa nova aqui na IBM, é que os servicos dos Estados Unidos vieram para o Brasil, ou seja, mais vagas serão abertas aqui! Existem N motivos para isso, mas o resumo da ópera é que no momento, o Brasil provem uma estrutura mais sólida (quem diria) para uma empresa investir, e os gastos com infra estrutura, diminuirão menos que nos EUA. (tá.. ficou um resumo da ópera muito ruim…).

    Abracos.

  7. Texto interessante sobre a crise economica.

  8. Isso que é Brasil!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: