Gerente!!! Mate no ninho

A gestão em projetos é caracterizada pela aplicação de conhecimentos, habilidades e técnicas inerentes ao planejamento, execução e controle das atividades processuais que “materializam” um determinado produto ou serviço.

Faz parte da rotina de um gerente controlar qualidade, custo, prazo e o escopo de qualquer tipo projeto. O profissional que se propõe a gerenciar alguma coisa deve aglutinar as pessoas em torno de um único objetivo. Gerir expectativas  dos clientes, internos  e externos, garante a motivação necessária para a execução de qualquer projeto.

Lido com vários gerentes nos mais variados domínios de conhecimento. Alguns deles são do tipo “linha dura”, outros possibilitam aos seus comandados uma abertura maior e poucos possuem a coragem de “matar um problema no ninho”. Durante essa convivência compilei vários ensinamentos, compartilharei neste post 4 deles.

O gerente de projetos não irá agradá-lo sempre.

Em determinados momentos a pessoa responsável pelo planejamento e controle do projeto irá tomar uma atitude que não agradará a “gregos” e “troianos”. Para o gerente o mais importante é o sucesso na execução do processo, ou seja, produto ou serviço gerado deve satisfazer as expectativas ao cliente, possuir um custo baixo e alto índice de qualidade. Lembre-se, só existe equipe quando existe projeto. A partir desta afirmação questiono: Quem é mais importante, você ou projeto?

Não repasse TODOS os problemas a seus colaboradores

Cansei de ver gerentes praticarem a administração “au au”. Esse gerente repassa suas considerações e decisões para um indivíduo ou para uma comissão. Esse problema eu endereço à comissão X, esse outro problema eu endereço ao professor Y. Com base nas reflexões e direcionamentos de X e Y o gerente toma a sua decisão.  Geralmente a decisão tomada não difere dos apontamentos de X e Y. Decisões que dizem respeito, somente, ao gerente de projetos não devem ser encaminhadas a alguém.

Centralize energia no projeto

Seja focado, não desperdice tempo e recursos com algo que gere um baixo valor agregado para o projeto. Procure centralizar suas forças e atitudes em aspectos que promovam benefício para o cliente. Parece óbvio, mas essa característica não está presente em grande parte dos gerentes.

Não reinvente a roda, utilize um modelo simples, prático e funcional para resolver os problemas

A simplicidade e a praticidade favorecem a funcionalidade. Costumo dizer que existem modelos universais e que funcionam muito bem. Gerente não é sua função quebrar paradigmas teóricos, os cientistas e pesquisadores possuem essa responsabilidade. No contexto universitário presenciei o advento de várias “rodas quadradas”, principalmente no planejamento de projetos pedagógicos. Lembre-se que a qualidade e a criatividade não estão no modelo e sim nas pessoas que executam o processo.

Desobrigar-se de agradar a todos, assumir responsabilidades, centralizar energia, não reinventar a roda, levará VOCÊ gerente a matar qualquer problema no ninho.

José Augusto

fabri@femanet.com.br

One Response to “Gerente!!! Mate no ninho”

  1. […] Gerente!!! Mate no ninho Engenharia de Software (tags: project) […]

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: