A urna eletrônica é segura?

Para responder esta questão vou relatar o que aconteceu na cidade de Marília – SP, nas eleições de 2004, baseado no relatório publicado pelo Comitê Multidisciplinar Independente sobre o Sistema Brasileiro de Votação Eletrônica. Os trechos em itálico foi retirado, na íntegra, do relatório.

Os arquivos digitais de auditoria das urnas usadas em 2004 na cidade de Marília, SP, foram obtidos no TRE (Tribunal Regional Eleitoral), tempos depois (grifo por conta do autor do blog) da eleição, visto que os Juízes Eleitorais do município se recusaram a entregar os dados. Esses arquivos indicavam ter ocorrido geração de flashs de carga (cartões de memória digitais usados no carregamento dos programas e dos dados oficiais nas urnas eletrônicas) em duplicata e também discrepâncias no horário de recebimento dos Boletins de Urna (BU) da 400ª ZE (zona eleitoral).

Este fato compatibiliza com a hipótese de fraude delineada por “clonagem de urnas”. Este tipo de clonagem caracteriza-se dentro da área de segurança da informação como ataque interno.

O ataque:

1 – Preparação de urnas com datas antecipadas para nelas efetuar votação prévia e gerar documentos com resultados falsos, porém aceitável pelo sistema que totaliza os votos na eleição.

2 – Preparação de outro grupo de urnas para serem enviadas às seções eleitorais (estas serão utilizadas pelos eleitores).

3 – No momento da totalização houve troca dos disquetes dentro do Cartório Eleitoral (caracterização do ataque interno).

Dados que confirmam o ataque:

Os boletins de urnas da 400ª zona eleitoral foram gerados em 14 de outubro de 2004 as 15h22m55, a votação ocorreu no dia 03 de outubro. Perceba que na segunda e na terceira linha da figura (em anexo) tem-se a data e hora que o arquivo foi criado. Na antepenúltima linha, destacado, é possível perceber a data e hora do recebimento do Boletim da Urna, 03/10/2004 às 6h40m28. Na última linha aparece a data e hora da carga da urna – 27 de setembro de 2004 as 15h59.

A eleição ocorreu em 03/10/2004. A hora 6:40:28, é incompatível com o recebimento dos Boletins de Urna, os quais só são oficialmente gerados após às 17:00 h. Esse problema apareceu em todas as seções eleitorais da 400ª ZE.

Questionada a respeito, a Seção de Apoio às Eleições do TRE-SP emitiu parecer técnico em 28/02/2005. Este parecer afirmou que a data estaria grafada no padrão americano, neste caso 6h40m28 seria equivalente as 18h40m28 no padrão brasileiro.

O argumento apresentado é facilmente refutado:

O padrão brasileiro para data e hora segue o formato “dia/mês/ano” para a data e “24h” para a hora, enquanto o padrão americano usa “mês/dia/ano” para a data e “12h mais AM ou PM” para a hora.

A data e hora de geração do arquivo em questão (14/10/2004 às 15:22:55), está obviamente em formato brasileiro pois não existe mês 14 e nem 15 horas no padrão americano. Isto indicaria que o arquivo fora gerado em computador configurado no padrão brasileiro.

A data e a hora da carga da urna (27/09/2004 às 15:59:00) também está obviamente em padrão brasileiro, mais uma vez indicando que o computador que escreveu esse dado no arquivo estava configurado no referido padrão.

A data do recebimento do boletim de urna (item 2 – data de 03/10/2004) só pode estar no padrão brasileiro, indicando o dia 3 de outubro de 2004, dia do 1º turno das eleições de 2004. Se essa data estivesse em padrão americano estaria indicando o dia 10 de março de 2004, data em que era impossível se receber Boletins de Urna, visto que o Sistema de Gerenciamento 2004 T1, segundo o parecer técnico, só foi instalado em setembro de 2004. Confirma-se, assim, que o computador que inseriu esse dado no arquivo estava em padrão brasileiro.

Já a hora de recebimento do BU (hora 6:40:28) indica que os Boletins de Urna da 400ª ZE já tinham sido recepcionados pelo sistema de totalização antes da eleição ter tido início.

No relatório é possível encontrar vários outros casos (incluindo eleições de 2006 e 2008), fato este que comprova que a segurança do SISTEMA pode ser colocada em cheque.

No poderíamos ter outro nome para ZONA de votação, eu voto na de número 290, e você?

J. A. Fabri

fabri@utfpr.edu.br

6 Responses to “A urna eletrônica é segura?”

  1. vinicius hisao suzuki Says:

    segurança não é booleano, portanto, seria impossível classificar apenas com sim ou não quanto à segurança da urna eletrônica, aliás, não existe nada 100% seguro quando se trata a software (existe algo 100% em outro local?). a partir da última afirmação, podemos dizer que a segurança é relativa, portanto, ao meu ver, a segurança da urna eletrônica ainda é melhor que qualquer outro método existente (que cabe ao meu conhecimento). ótimo post, adoro ideias que me fazem refletir e pensar um pouco. ab

  2. claudio Luiz Says:

    Infelizmente estamos vivendo em plena ditadura eleitoral. A população está totalmente desinformada. São eleitos quem os poderosos querem. As pesquisas de opinião fazem parte de um esquema montado: as urnas eletrônicas são totalmente manipuláveis. Ainda temos uma chance: é através do trabalho de concientização e informação aos eleitores que podemos mudar esta situação
    vejam o site http://www.fraudeurnaseletronicas.com.br

  3. Deyvid Henrique Pereira Says:

    Olá. Como sempre comentei contigo: adoro suas idéias.

    Todos sabemos que por mais seguro que for, sempre há um modo de adaptar. É assim com softwares com licenças caríssimas, e não é diferente com urnas, ainda mais com o interesse que desperta em vários. Afinal, foi montado por mentes humanas, portanto pode ser quebrado por outra mais esperta.

    Ótimo artigo.
    Abraço.

  4. Me desculpe se por um acaso eu for ingnorante no meu argumento, mas tenho uma dúvida muto grande, quais as possibilidades de um urna de uma determinada seção, de um Estado…. já ter pré programado nela determinada porcentagem de votos destinada a lgum candidato. Digamos assim você vota em fulano aparece a foto você confirma porém o voto é computado para outro candidato!?

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: