A comunicação como fator determinante na gestão de projetos de software

Durante os treinamentos, cursos, e palestras toco em um tema de extrema importância dentro de um projeto de software – a comunicação.

Comunicar-se bem e expressar seus objetivos com clareza pode ser considerado um dos fatores críticos de sucesso para qualquer tipo projeto, inclusive o de software.

Para validar a afirmação acima, realizo a seguinte experiência com os alunos, empresários, analistas de sistemas, SQAs, e desenvolvedores de software – todos caracterizados neste texto como audiência.

A experiência:

1 – Divida a audiência em dois grupos (A e B).

2 – Entregue uma cópia do texto 1 para cada integrante do grupo A.

3 – Entregue uma cópia do texto 2 para cada integrante do grupo B.

Nota: Solicito que os interlocutores do blog leiam os textos (1 e 2) agora.

4 – Solicite ao grupo A que eleja um representante para interpretar o personagem principal do texto 1.

5 – Solicite ao grupo B que eleja um representante para interpretar o personagem principal do texto 2.

6 – Coloque os eleitos frente a frente. E solicite que eles negociem o destino das 500 caixas de caqui angola.

7 – Após 10 minutos de negociação interrompa os eleitos e solicite que eles consultem seus grupos para delinear novas estratégias para uma nova negociação. Estabeleça um tempo para consulta – sugestão 5 minutos.

8 – Retorne ao passo 6.

9 – Interrompa a negociação entre os eleitos após a 3 rodada de discussão.

Resultado (obtido em 100% das experiências (universo de 8) que realizei)

Os grupos não alcançaram os objetivos. O primeiro tinha que produzir uma vacina para erradicar a síndrome down, a partir da semente do caqui angola. O segundo tinha que produzir uma vacina para erradicação da esclerose múltipla, a partir da casca do caqui angola. (veja o primeiro parágrafo de cada texto – 1 e 2).

Motivo do fracasso: A comunicação entre os integrantes dos grupos foi falha, os objetivos não foram apresentados com clareza, os grupos não perceberam que as 500 caixas de caqui poderiam atender ambos os laboratórios.

Realizada a experiência, com certeza todos estarão prontos para discutir fatores que podem minimizar ruídos na comunicação entre os integrantes de uma equipe de produção de software.

Saudações!

José Augusto Fabri – fabri@utfpr.edu.br

23 Responses to “A comunicação como fator determinante na gestão de projetos de software”

  1. Hector Rodriguez Says:

    De fato, a COMUNICACAO é o grande lubrificante dos projetos. Sem a comunicacao, ao igual que os motores, as pecas se sobre-aquecem e acaban se expandindo, até o ponto de trancar totalmente cualquer operacao.

  2. Renato Furtado Says:

    As vezes na busca da agilidade nas atividades acabamos fazendo uma leitura corrida. Foi o que aconteceu comigo, mesmo atento a história e a sua cronologia, passou-me despercebido o fato da semente e da casca. Está pequena desatenção pode sim causar falhas comprometedoras de comunicação.
    Continue sempre postando, é de crescimento para todos nos. Abraço.

  3. Há casos que procuramos tanto obter o resultado, que acabamos nao chegando em lugar nenhum, como foi neste exemplo, todos estavam querendo chegar logo na vacina que nao perguntaram ou conversaram sobre o que cada um precisava. No ocorrido da aula no dia 28/03/2011 foi uma “briga” pois um queria o caqui e o outro tambem queria o caqui, mas se os dois tivessem parado de por os pontos sobre qual vacina seria melhor, poderiam apenas ter conversado sobre as necessidades de cada um, percebendo que um precisava apenas da casca e outro apenas da semente, assim chegando a um acordo em comum .

  4. Marcelo Mazini Says:

    Os grupos não ficaram atentos as palavras chaves do problema, no qual era um simples detalhe que poderia ter evitado vários minutos de negociação. A comunicação é um fator fundamental em qualquer situação. Demonstrar o que realmente precisamos e saber o que o outro está realmente necessitando, depende de uma boa comunicação. Essa experiência nos faz refletir como está o nosso nível de comunicação. Será que conseguimos transmitir para os demais o que realmente queremos transmitir? Pensem nisso!!! Grande Abraço”.

  5. Jorge Roberto Rosa Pereira Says:

    Apesar de ambos os grupos terem falhados na dinâmica, em decorrência de um má leitura e falta de atenção, a atividades teve como ponto chave para o sucesso, a PARCERIA.
    Eu diria que essencial no mundo dos negócios e de TI são as PARCERIAS, empresas de diferentes portes se unem para um único propósito, o sucesso.

  6. stephane hesae takemiya Says:

    A atividade realizada na aula do dia 28/03/2011, mostrou que a falta de comunicação pode trazer grandes problemas, como foi visto na aula, onde os dois representantes do grupo tentaram varias vezes negociar quem iria ficar com a quantidade necessária de caquis para desenvolver a vacina, em que poderiam ter feito uma parceria e assim criar a vacina para os duas doenças. Em resumo o grande problema que ocorreu entre as equipes foi a falta de comunicação.

  7. Camila Rubia Says:

    As duas equipes tinham o mesmo objetivo que era poder utilizar o caqui angola para produzir vacinas para area da saude.
    Porem, por falta de comunicação entre os lideres dos grupos, os mesmos não se entenderam da melhor forma possivel, já que cada um precisava de elementos diferentes do caqui angola. Se isso fosse comunicado de maneira apropriada, poderia ter ocorrido uma parceria entre os grupos e lideres, e assim ambos desenvolveriam as vacinas que precisavam.

  8. Luiz Gustavo dos Santos Says:

    Vimos nesta aula a real necessidade de saber o que e como se expressar, pois saber o que de fato se precisa e analisar os melhores meios de conseguir gera enormes benefícios que infelizmente são sentidos de forma mais clara quando se percebe o transtorno que a ausência deles trazem.

  9. Vitor Alegro Says:

    Todos ja notamos que ouve falta de comunicação. Mas porque? Se analisarmos a situação nós sempre tentavamos conquistar os caquis sem pensar na situação do próximo. Quando não abrimos a mente e pensamos apenas em nossa situação não é possível estabelecer comunicação para chegar a um final da discução. Então saber o que acontece em volta é parte essencial no processo de negociação. Isso também acontece no levantamento de requisitos, se não pensarmos na situação não é possível chegamos a uma conclusão.

  10. Ivan pereira Says:

    Resumindo, mostra que as parcerias são importantes para o desenvolvimento.

  11. Como os líderes dependiam de sua equipe para especificar os argumentos a serem discutidos, as duas equipes falharam. Pois não prestamos atenção no que realmente precisávamos, somente notamos o que realmente precisávamos quando lemos o texto da outra equipe. Assim logo percebemos que a solução seria a parceria entre as duas equipes, já que uma precisava da casca e outra da semente para suas experiências. Porém no mercado de trabalho, a empresa que percebesse isso primeiro, logo tentaria de todo jeito comprar toda a carga e retirar a materia prima necessária, e posteriormente venderia o restante para a outra empresa. Diminuindo em uma quantia significante seus gastos com a pesquisa.

  12. Dois problemas que ocorrem no processo de produção de software foram constatados na dinâmica: a incorreta elicitação de requisitos , neste caso o fato de ninguem ter perguntado o que realmente a outra equipe precisava. Outro problema é a dificuldade em disseminar o conhecimento, dado o fato de nenhuma equipe expor de fato o que realmente queria, neste caso, a casca ou a semente.

  13. Alexander Reis Says:

    Como demonstrado na experiencia feia em sala o ponto primordial é voce saber mostrar para o outro o que voce quer, pois como foi visto em sala de aula houve sim uma comunicacao entre os dois grupos, porem nenhum dos dois soube mostrar o que eles realmente queriam, um queria a casca do caqui, ja o outro queria a semente do caqui, porem em todas as negociacoes nenhum dos dois grupos negociantes chegou a falar o que realmente queria e sim apenas se manteve no foco de falar que queria o caqui por completo.

    Portando vimos que o principal neste tipo de experencia é mostrar o que voce quer.

  14. Izabelle Sakashita Says:

    A comunicação é tudo. Mesmo faltando informação de ambas as partes estas pecaram no sentindo de não procurar saber o que o adversário precisava, assim por falta de comunicação não houve um acordo entre ambas as partes, somente ocorreu um discussão de quem seria o dono dos caquis.

  15. Izabelle Sakashita Says:

    A comunicação é tudo. Mesmo faltando informação de ambas as partes estas pecaram no sentindo de não procurar saber o que o adversário precisava, assim por falta de comunicação não houve um acordo, somente ocorreu um discussão de quem seria o dono dos caquis.

  16. Alberth Guilherme David Says:

    A comunicação no processo de software como em qualquer outra é área fundamental para o sucesso do projeto, no caso da dinâmica as duas equipes não expuseram realmente a parte que lhe no caqui e criaram uma discussão sem fim, levando ao fracasso das duas pequisas.

  17. Ricardo Barros Ishiy Says:

    O maior problema ocorrido neste exercício foi com certeza a falta de comunicação entre os líderes pesquisadores. Detalhes pequenos desviaram a negociação a assuntos que fugiram do escopo do problema. Faltou a noção daquilo que eles deveriam fazer. A falta de gerência e comunicação interna possibilitou um desencontro de informações resultando em um final desfavoravel para ambos pesquisadores aonde um acordo não foi possível.

    Aluno: Ricardo Barros Ishiy

  18. Rebeca Teodoro Says:

    A atividade serviu para demonstrar como o preparo adequado para uma negociação faz toda a diferença. Durante a negociação faltou perceber que o outro grupo necessitava apenas das sementes e o meu apenas da casca. Uma comunicação clara e objetiva fariam toda a diferença para um resultado positivo.

  19. Viniscius Ribeiro Says:

    Após passarmos um bom tempo discutindo quem deveria utilizar os caquis para a produção da cura de sua pesquisa, foram apresentados ambos os textos para ambos os grupos.
    Ao fazer uma leitura atenta para procurar uma brecha na qual seria utilizado para ganhar a discussão notamos que cada grupo precisa de uma parte do caqui, que o outro não iria utilizar.
    Assim, ao final da dinâmica fica claro que a falta de uma comunicação clara e objetiva pode e vai atrapalhar o desenvolvimento de um projeto, pois ambos os grupos poderiam ter evitado toda a discussão por terem escopos diferentes.

  20. Sâmara Natascha Santino Says:

    A experiência foi super bacana e mostrou que não houve apenas falta de comunicação clara, pior do que isso, houve falta de conhecimento do que se comunicava. Os dois grupos conheciam as doenças e vacinas, conheciam os sintomas e tudo o mais, mas não atentaram para o elemento principal: o que era realmente necessário para desenvolver as vacinas, o que desencadearia a cura milagrosa… o caqui não era necessário, as cascas e sementes sim! Em todas as esferas de nossas vidas corremos o risco de nos comportarmos assim, dando mais importância a fatores coadjuvantes, enquanto a chave para a resolução de muitos problemas passa diante de nós, desapercebida.
    []s! ^^

  21. Carolina Paloma Gasperoni Says:

    Conforme a experiência em aula pude perceber que a comunicação é essencial nos processos de negociação, mais ainda quando nossos interesses são confrontados. No caso fictício estudado as negociações não chegaram a lugar algum pois os representantes não atentaram para o que realmente precisavam defender e também não se interessaram pela história de seu opositor. fim

  22. […] O caqui – comunicação […]

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: