As potencialidades do astah professional uml – parte 3

figura 1

figura 1

Pessoal, nos últimos dois posts iniciei um tutorial básico sobre as potencialidades do astah professional uml. O primeiro propõe o levantamento de requisitos e o mapeamento de escopo de um projeto de software por meio de mapas mentais. O segundo trabalha a customização do documento para especificação de casos de uso. Neste post vou partir dos casos de uso e gerar os diagramas de classe e de seqüência, salientando a consistência entre eles.

O Tutorial

Crie um caso de uso matricular alunos. Crie os atores, Aluno, Secretario da Pós-Graduação e Banco. Relacione, via

figura 2

figura 2

diagrama, o caso de uso e os atores. Click com o botão direito do mouse sobre o caso de uso em questão. Adicione um diagrama de seqüência a sua especificação (vide figura 1). É importante salientar que o diagrama em questão descreve de forma cronológica a seqüência de ações de uma cena dentro do modelo de negócio, a cena é, geralmente, encapsulada por um caso de uso.

A cena é composta por atores e objetos. Podemos generalizar e classificar os atores como objetos.

Na árvore de especificação é possível encontrar 3 objetos que compõe nossa cena. Aluno, Secretário da Pós-Graduação e Banco, todos esteriotipados como atores. Click e arraste estes objetos para o diagrama de seqüência (vide figura 2).

figura 3

figura 3

É importante ressaltar que na orientação a objetos não existem objetos sem classe, neste caso também temos 3 classes esteriotipadas (como atores) na árvore de especificação. Crie um diagrama de classes, click e arraste os atores para dentro do diagrama (vide figura 3) – se desejar alterar o ícone das classes no diagrama em questão, click com o botão direito do mouse sobre a classe e selecione a opção Icon Notation e, posteriormente, a opção Normal.

Perceba que ao realizar a ação do parágrafo acima, você estabelece consistência ao modelo como um todo.

De posse dos objetos e das classes inicie a descrição da cena.

Descrição da cena: Cronologicamente o Secretário da Pós irá receber os documentos necessários para a efetivação da

figura 4

figura 4

matricula, esta ação, ou método deve aparecer explicitamente no modelo. Em virtude deste fato, crie o método receberDocumento() junto a classe Secretário da Pós. No diagrama de seqüência estabeleça uma comunicação síncrona entre os objetos, click sobre a mensagem (message 1) e no campo operantion, selecione o método receberDocumento() (vide Figura 4).

O procedimento é idêntico para estabelecer a comunicação entre os objetos Aluno e Banco (na classe Banco o método receberMatricula() deverá ser criado).

Outro fato importante deve ser lembrado: A comunicação entre os objetos no diagrama de seqüência configura o relacionamento entre as classes no diagrama de classes.

Saliento que a classe Prontuário não é esteriotipada como ator, neste caso ela deve ser criada, juntamente com o método inserir prontuário.

Perceba que ao seguir as instruções apresentadas neste tutorial, você garante a consistência de toda a especificação de seu sistema. Você mapeou os requisitos com os mapas mentais, transformou-os em caso de uso, customizou o documento para a especificação dos casos de uso e gerou os diagramas de classes e seqüência, concomitantemente. Todos os artefatos gerados possuem uma forte relação entre si. Isto é um diferencial da ferramenta.

Enfim, todos os procedimentos apresentados neste post também podem ser desenvolvidos com a versão community do astah.

No próximo post apresentarei questões relacionadas à persistência dentro do contexto da UML.

José Augusto Fabri – fabri@utfpr.edu.br

4 Responses to “As potencialidades do astah professional uml – parte 3”

  1. […] mentais. O segundo trabalha a customização do documento para especificação de casos de uso. O terceiro apresenta a concepção do diagrama de classes e de seqüência, a partir dos casos de uso, […]

  2. […] Potencialidades do astah 3 […]

  3. […] vídeos postados complementam o tutorial apresentado no blog em setembro de 2011 (parte 1, parte 2, parte 3, parte 4).  A ferramenta pode ser obtida neste link. Espero que os vídeos colaborem para o uso […]

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: