As potencialidades do astah professional uml – parte 4

Pessoal, na última semana iniciei um tutorial básico sobre as potencialidades do astah professional uml. O primeiro post propõe o levantamento de requisitos e o mapeamento do escopo de um projeto de software por meio de mapas mentais. O segundo trabalha a customização do documento para especificação de casos de uso. O terceiro apresenta a concepção do diagrama de classes e de seqüência, a partir dos casos de uso, salientando a consistência entre ambos. Este post, parte do diagrama de classes, identifica as classes que serão persistidas no projeto e gera o diagrama de entidade e relacionamento.

figura 3
figura 3

O Tutorial

Vou partir do diagrama de classe gerado na parte 3 do tutorial (naquele post a figura em questão foi identificada como figura 3). Nele é possível perceber a presença das classes: Aluno, Secretário da Pós, Banco e Prontuário. Algumas delas são caracterizadas como classes de negócios (Secretário da Pós, Banco) e outras como classes de persistência (Aluno e Prontuário). Lembrando que as classes de persistências irão persistir (ou armazenar) dados nas tabelas. Neste caso temos duas classes que serão configuradas como tabelas (Aluno e Prontuário).

De posse das classes que serão persistidas, acesse o menu Diagram e clique na opção ER-Diagram. Selecione as

figura 1
figura 1

referidas classes na árvore de negação, arrastando-as para dentro diagrama ER, perceba que as tabelas serão geradas automaticamente. Estabeleça o relacionamento cardinal de 1 para muitos entre as tabelas Aluno e Prontuário (figura 1).

Para finalizar os post que configuram este tutorial, disponibilizo um projeto simples, porém completo. Basta abri-lo na versão professional do astah.

Abraços

José Augusto Fabri – fabri@utfpr.edu.br

3 Responses to “As potencialidades do astah professional uml – parte 4”

  1. […] Potencialidades do astah 4 […]

  2. […] complementam o tutorial apresentado no blog em setembro de 2011 (parte 1, parte 2, parte 3, parte 4).  A ferramenta pode ser obtida neste link. Espero que os vídeos colaborem para o uso […]

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: