Escopo de um projeto de software: Quem detém o conhecimento sobre o escopo! X Quem materializa o conhecimento!

O escopo de um projeto, quando bem definido, caracteriza-se como uma linha que liga dois pontos.

Ponto Inicial: Existe uma intenção de se construir (ou criar) um produto ou serviços.

Ponto Final: Produto ou serviço pronto. Geração de valor agregado para sociedade.

A espessura dessa linha representa o escopo de seu projeto – aquilo que você tem que construir durante o projeto. Quanto mais espessa for à linha maior será o tempo, o custo e o esforço de produção. Determinar a espessura ideal da linha não é uma tarefa simples.

Geralmente, quem detém o conhecimento sobre o escopo NÃO é a pessoa responsável por construir o documento que o materializa. Esta tarefa fica a cargo do analista de sistemas. Este profissional, durante a construção do escopo do projeto, seleciona os usuários chaves (pessoas que detém as informações), aplica algum método de levantamento de requisitos, analisa as informações colhidas, escolhe alguma linguagem de especificação e materializa o documento em questão.

Para demonstrar este fato em consultorias e cursos de graduação e pós-graduação eu utilizo uma dinâmica bem simples.

1 – Distribua 3 folhas de papel e uma caneta para cada um dos participantes do curso.

2 – Com uma das folhas, o participante, deve construir, em 20 minutos, um origami qualquer. Importante: o participante pode consultar a Internet para construção do origami.

3 – Após a construção, o participante deve materializar (em 20 minutos), na segunda folha, como se constrói o origami (escopo do projeto).

4 – As folhas são trocadas entre os participantes. Neste momento ninguém pode ter mais acesso a Internet.

5 – A participantes passam agora a construir o segundo origami – em 20 minutos (aquele escopo especificado pelo colega).

6 – Apresente todos os origamis construídos aos participantes

Veja o resultado nas figuras e no vídeo.

2

1

Após a apresentação, inicie um discussão trazendo a tona os seguintes tópicos.

  • Foi fácil construir o origami a partir da especificação delineada na Internet?
  • O tempo delineado para construção foi o ideal?
  • As ferramentas disponibilizadas facilitaram a especificação?
  • O documento especificado pelo colega possibilitou a construção do origami?
  • Quais seriam as ferramentas ideais para especificar o escopo do projeto?
  • Qual a relação entre dinâmica e a materialização do escopo em um projeto de software?

A partir desta dinâmica você pode iniciar uma discussão sobre as formas de especificação de um projeto de software.

José Augusto Fabri – fabri@utfpr.edu.br

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: