Archive for the gestão de projetos Category

Canvas para prestação de serviços

Posted in gestão de projetos, gestão do conhecimento on January 26, 2016 by José Augusto Fabri

Você que é prestador de qualquer serviço, antes de atender qualquer cliente, construa o Canvas para prestação de serviços.

prestação de serviços

Certamente a qualidade de seu serviço irá sofrer melhorias sensíveis.

Canvas para gestão de projeto

Posted in gestão de projetos on January 20, 2016 by José Augusto Fabri

Pessoal, estou trabalhando na customização do Canvas para um cliente. Desenvolvi uma customização para gerenciar o seu projeto. Veja a figura abaixo:

gestão de projetos

Até a próxima!

J. A. Fabri – fabri@utfpr.edu.br

plugin astah – calculando pontos por função – saídas

Posted in Ferramentas, gestão de projetos, gestão do conhecimento, Sem-categoria on December 14, 2015 by José Augusto Fabri

logo-friendsPessoal, espero que todos estejam acompanhando a série de post sobre o plugin astah. No primeiro você pode obter informações gerais do plugin. No segundo você aplica o plugin na contagem dos arquivos lógicos internos. No terceiro aplicamos o plugin na contagem das entradas de dados. Neste iremos trabalhar a contagem das saídas de dados.

Se você ainda não conhece a teoria sobre pontos por função, acesse este tutorial.

Para realizar o calculo da saída siga as instruções.

1 – abra o astah Professional.

2 – abra o arquivo no qual você gerou a contagem dos arquivos lógicos internos e a contagem das entradas (segundo post).

3 – crie o caso de uso to report cities by people (vide figura abaixo). Relacione o caso de uso com o ator User (vide Figura abaixo).

pluginSaida

4 – Você necessita avisar o astah que estes casos de uso se caracterizam como entradas. Para isto vamos “estereotipá-los” com <<output>>. Clique no caso de uso to report cities by people e depois clique na aba estereótipos (1), clique no botão Add (2) e digite <<output>>  para o estereótipo (3) (veja os círculos em preto na figura abaixo).

pluginSaidaOutput

5 – Agora você deve informar quantos arquivos e quantos campos esta entrada irá manipular. Para emitir um relatório que pessoas por cidades você irá manipular duas tabelas (lembre-se do Diagrama de Entidade e Relacionamento que você criou). Para realizar este passo clique no to report cities by people (1), na aba TaggedValue (2), no botão Add (3) e digite Files para o campo Name (4) e 2 para campo Value (5). Clique novamente no botão Add e digite Fields para o campo Name e 5 para o campo Value. Esta entrada de dados irá manipular 2 arquivos e 5 campos (3 campos da tabela people e 2 campos da tabela cities) – vide Figura abaixo:

pluginSaidaOutputTarTed

6 – Execute o plugin astah para contagem de pontos por função, menu Tools, item Metrics, opção Function Point.

A contagem resultará em 25 pontos por função. 14 para a contagem dos arquivos lógico interno, 7 para a contagem as entradas externas e 4 para as saídas.

Até a próxima.

J. A. Fabri – UTFPR. fabri@utfpr.edu.br

 

plugin astah – calculando pontos por função-entradas

Posted in astah, gestão de projetos, processo de produção de software on December 7, 2015 by José Augusto Fabri

logo-friendsPessoal, neste post, vou apresentar como realizar o calculo dos pontos por função – analisando as entradas de dados. Caso você não esteja acompanhando a série de posts sobre o plugin sugiro que leia o primeiro e o segundo.

Se você não conhece a teoria de pontos por função, acesse este tutorial.

Para realizar o calculo siga os passos abaixo:

1 – abra o astah Professional

2 – abra o arquivo gerado a partir do post anterior.

3 – crie um diagrama de caso de uso. Clique no item de menu Diagram e posteriormente escolha a opção UseCase Diagram.

4 – Crie o ator User e os casos de uso to insert people e to insert cities. Faça a relação entre os atore casos de uso (vide figura abaixo).

5 – Você necessita avisar o astah que estes casos de uso se caracterizam como entradas. Para isto vamos “estereotipá-los” com <<input>>. Clique no caso de uso to insert people e depois clique na aba Stereotype (1), clique no botão Add (2) e digite <<input>>  para o estereótipo (3) (veja os círculos em preto na figura abaixo).

calculo entrada 1

6 – Agora você deve informar quantos arquivos e quantos campos esta entrada irá manipular. Para inserir o registro de uma pessoa é necessário manipular os dados da tabela cidades (lembre-se do Diagrama de Entidade e Relacionamento que você criou). Para realizar este passo clique no caso de uso to insert people (1), na aba TaggedValue (2), no botão Add (3) e digite Files para o campo Name (4) e 2 para campo Value (5). Clique novamente no botão Add e digite Fields para o campo Name e 5 para o campo Value. Esta entrada de dados irá manipular 2 arquivos e 5 campos (3 campos da tabela people e 2 campos da tabela cities) – vide Figura abaixo:

calculo entrada 2

7 – Repita os passos 5 e 6 para o caso de uso to insert cities. Neste caso de uso o Files será 1 e o Fields 2 (a entrada irá manipular uma tabela (ou arquivo) e dois campos).

8 – Execute o plugin astah para contagem de pontos por função, menu Tools, item Metrics, opção Function Point.

A contagem resultará em 21 pontos por função.

J. A. Fabri – fabri@utfpr.edu.br

 

plugin astah – calculando pontos por função – arquivos lógicos internos

Posted in gestão de projetos, processo de produção de software on December 1, 2015 by José Augusto Fabri

Pessoal, neste post, vou apresentar como realizar o calculo dos pontos por função – analisando somente os arquivos lógicos internos. Caso você não esteja acompanhando a série de posts sobre o plugin sugiro que leia este.

Se você não conhece a teoria de pontos por função, acesse este tutorial.

Para realizar o calculo siga os passos abaixo:

1 – abra o astah Professional.

2 – crie um novo projeto – menu file – new.

3 – crie um diagrama de entidade e relacionamento (vide figura abaixo).

calculo ali - der1

4 – Crie a tabela Pessoas (People) e Cidades (Cities). Insira o campos na tabelas conforme a figura abaixo.

calculo ali - der2

5 – Execute o plugin astah para contagem de pontos por função, menu Tools, item Metrics, opção Function Point.

A contagem resultará em 14 pontos por função.

No próximo post iremos apresentar a contagem dos pontos por caso de uso.

Até a próxima

J. A. Fabri

fabri@utfpr.edu.br

 

plugin astah para contagem de por função

Posted in astah, gestão de projetos, processo de produção de software on November 25, 2015 by José Augusto Fabri

Pessoal, em 2014 tive a oportunidade de lançar a versão beta do plugin astah para contagem de pontos por função. O plugin foi desenvolvimento durante um projeto de iniciação tecnológica da Universidade Tecnológica Federal do Paraná – Campus Cornélio Procópio.

Depois de uma longa jornada, hoje tenho a oportunidade de compartilhar com vocês a versão 1 do plugin. Esta versão pode ser obtida por meio deste link.

Para instalar o plugin você pode utilizar o este guia.

Se você já conhece a teoria de pontos por caso por função você pode utilizar o plugin a partir deste guia.

Agora se você não nada sobre pontos por função, você pode aprender a “metrificar” um software com este pontos a partir deste tutorial.

Nas próximas semanas irei publicar alguns tutoriais detalhando sobre como utilizar o plugin.

É importante salientar que o projeto foi desenvolvimento pelo aluno Allan V. Mori. Parabéns Allan pelo trabalho desenvolvido.

Fique a vontade para utilizar o plugin em seus projetos.

abraços

J. A. Fabri – fabri@utfpr.edu.br

Como aplicar pontos por função na manutenção de um software?

Posted in gestão de projetos with tags on May 28, 2015 by José Augusto Fabri

Uma excelente pergunta. Acabei de recebê-la, via e-mail, do Jone Nunes.

Para respondê-la vou apresentar o problema reportado no e-mail.

“Vamos supor que eu tenho uma funcionalidade X que realiza uma entrada de dados qualquer. Necessito adicionar um campo a referida funcionalidade.  A informação quando digitada deve ser validada. Para validar a informação é necessário acessar 3 tabelas diferentes”.

Perceba que o problema é algo inerente à atividade de manutenção de software. Para calcular a complexidade desta manutenção utilizando pontos por função você deve seguir os seguintes passos:

1 – Mapeie a quantidade de tipo de elemento de dados que você irá manipular na manutenção. Perceba que trabalharemos diretamente com a inserção de um campo na entrada de dados e uma chave de acesso (utilizada nos procedimento de validação). Essa chave de acesso será comparada com o chave primária de outras 3 tabelas.  Neste caso temos: 1 campo + 1 chave de acesso + 3 chaves primárias = 5 tipos de elementos de dados.

2 – Calcule a quantidade de tipos de arquivos referenciados que você irá manipular na manutenção. Tendo em vista que a funcionalidade X é caracterizada como uma entrada de dados, suponho que esta entrada é armazenada em arquivo (ou tabela). Para validar a informações digitada é necessário acessar mais 3 tabelas. Neste caso a quantidade de tipos de arquivos referenciados é 4.

Resumindo, temos:

5 tipos de elementos de dados.

4 tipos de arquivos referenciados.

Ao utilizar a teoria básica para calculo de pontos por função obtenho a complexidade de 6 pontos para efetuar a manutenção (complexidade alta).

Concluindo:

A aplicabilidade da métrica pontos por função adere perfeitamente à atividade manutenção. Nesta atividade você deve mapear com um alto grau de certeza o número de tipos de elementos de dados e de tipos de arquivos referenciados e posteriormente efetuar o calculo.

José Augusto Fabri fabri@utfpr.edu.br

Follow

Get every new post delivered to your Inbox.

Join 680 other followers